............

............

quarta-feira, 30 de março de 2016

Pernambuco ganha Fórum de Mulheres Cristãs e Políticas Públicas

Pernambuco ganha, nesta quarta-feira (30), um novo espaço de diálogo e defesa de políticas públicas para as mulheres. A partir das 14h, será lançado oficialmente o Fórum de Mulheres Cristãs e Políticas Públicas, iniciativa que marca o encerramento da campanha “Eu Sou uma Mulher de Coragem: Eu Defendo Políticas Públicas para as Mulheres”, capitaneada pela ONG Diaconia.


O lançamento acontece na sede da entidade, localizada na Rua Marques Amorim, nº 599, na Ilha do Leite, e será precedido pela “Roda de Diálogo - Mulheres e Políticas Públicas”, com a participação da deputada estadual Tereza Leitão e da Secretária Executiva da Mulher e dos Direitos Humanos da Prefeitura de Olinda, Eliane Cavalcanti.

Segundo a coordenadora da Diaconia na Região Metropolitana do Recife (RMR), Gleizy Gueiros, o novo Fórum é uma articulação apartidária de mulheres que tem por finalidade refletir sobre possibilidades de superação de injustiças de gênero, partilhar iniciativas de promoção de justiça, formar politicamente e biblicamente e incidir em políticas públicas para mulheres.

“É fruto de um trabalho de mobilização a partir de processos sociopolíticos e educativos, vivenciados por mulheres de diferentes comunidades que professam a fé cristã. Ele surge da necessidade de criar um espaço específico que favoreça o diálogo entre mulheres cristãs e os diferentes contextos que envolvem políticas públicas para mulheres”, explicou, acrescentando que o Fórum reunirá mulheres cristãs de igrejas, coletivos, grupos, redes e ministérios que estejam comprometidas e empenhadas com a defesa e promoção do direito de mulheres.

Eu Sou Uma Mulher de Coragem
 Esta é a quarta edição da Campanha que, em anos anteriores, teve como foco principal o incentivo à denúncia e o enfrentamento dos casos de violência contra a mulher. Desta vez, a proposta é despertar e encorajar mulheres de diferentes comunidades de fé para os processos que envolvem a construção e o monitoramento de políticas públicas para mulheres. Durante todo o mês de março, foram realizadas atividades como palestras e distribuição de material informativo em igrejas e espaços públicos, rodas de diálogos, seminários, oficinas e exposição itinerante sobre a temática da violência doméstica. As ações aconteceram na RMR, no Sertão do Pajeú (PE), em Fortaleza (CE) e no Alto Oeste Potiguar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário