............

............

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Filme Em Defesa de Cristo estreia 14 de setembro nos cinemas brasileiros

Após lançarem os sucessos Você Acredita? e Deus Não Está Morto 2 com mais de meio milhão de espectadores apenas no Brasil, a distribuidora California Filmes em parceria com a 360WayUp anunciam a estreia do filme Em Defesa de Cristo nas telonas do Brasil a partir do dia 14 de setembro de 2017.


Baseado no livro best-seller homônimo, Em Defesa de Cristo conta a história de Lee Strobel, um jornalista conservador e linha dura que acaba de ganhar uma promoção no jornal em que trabalha. Ateu convicto, Lee vê seu casamento desandar por causa da recente conversão de sua esposa Leslie à fé cristã. Com isso, ele começará uma jornada para rebater os argumentos do Cristianismo para poder salvar seu relacionamento, levantando fatos que podem mudar tudo que acredita ser verdade.

Dirigido por Jon Gunn, mesmo diretor do filme Você Acredita?, a produção do filme conta com outros profissionais de peso na indústria cinematográfica cristã: David A.R. White, ator e produtor mais conhecido dentro do segmento, Brittany Yost, produtora de Deus Não Está Morto 2 e Você Acredita?, junto com Michael Scott que leu o livro de Lee Strobel logo após produzir o primeiro Deus Não Está morto. “Conheci a história de vida dele. Uma jornada do ateísmo para a fé e logo pensei num filme. Tão incrível que eu achei que muitas pessoas pelo mundo iriam gostar de assistir”, diz Michael.

O longa da produtora Pure Flix apresenta no elenco nomes, como: Mike Viguel (Histórias Cruzadas, Quatro Amigas e um Jeans Viajante, Poseidon), Erika Christensen, (Parenthood: Uma história de família), a ganhadora do Oscar,  Faye Dunaway (Rede de Intrigas) e Robert Forster, ator indicado ao Oscar por sua interpretação de Max Cherry no filme Jackie Brown, de Quentin Tarantino.


Sobre Em Defesa de Cristo

Com estreia marcada para 14 de setembro nos cinemas do Brasil, o filme Em Defesa de Cristo é baseado na história real de Lee Strobel, um premiado jornalista ateu que vê sua esposa se converter à fé cristã e, sem concordar com a atitude, entra numa jornada de investigação à maior história de todos os tempos. Nessa busca, ele encontrará fatos inesperados e transformadores.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Assembleia da Convenção Batista em Pernambuco 2017



117ª Assembleia Anual da Convenção Batista de Pernambuco vai acontecer de 18 a 20 de maio, no STBNB. Já se programe para estar conosco nesta data.


Movimento PE de Paz promove ato público contra a violência

Com mais de 1000 cruzes afixadas na praia do Pina, igrejas e organizações cristãs promovem ação de repúdio aos alarmantes índices de homicídio no estado de Pernambuco em 2017

As areias da praia do Pina, zona sul do Recife, amanheceram repletas de cruzes, representando cada uma das vítimas dos mais de 1000 homicídios registrados até meados do mês de março desse ano em Pernambuco. A ação faz parte do ato público PE de Paz, realizado por lideranças e membros de 43 igrejas e organizações sociais cristãs, como forma de manifestar repúdio ao aumento exponencial dos índices de violência no estado em 2017. A iniciativa cobra ação efetiva do governo em relação à segurança pública e presta solidariedade às famílias enlutadas através da fixação simbólica das cruzes nas areias da praia.

Durante o protesto, integrantes do movimento realizaram ações para o despertar de consciência da população sobre o absurdo estado de insegurança a que se está sujeito hoje em Pernambuco, como uma intervenção urbana no semáforo mais próximo ao local da fixação das cruzes e a entrega de um manifesto acerca da segurança pública, escrito por integrantes do movimento, à população que frequentou à praia pela manhã. O manifesto também será entregue a órgãos públicos estatais na próxima semana, como o Palácio do Governo, o Ministério Público de Pernambuco e a Assembleia Legislativa do Estado. Além disso, o grupo ainda promoveu momentos de oração pela cidade, estado e país. O ato público contou com cerca de 200 voluntários, que se revezaram entre a montagem do ato (iniciada às 3h da manhã), as ações voltadas para a população e a desmontagem (às 11h).  
Ao tornar pública a insatisfação com a insegurança no estado, o ato cidadão objetiva sensibilizar a população para a temática, a fim de contribuir para a construção conjunta de uma cidade melhor e mais segura; denunciar a falta de efetividade dos órgãos governamentais competentes para a promoção dessa cidade; e prestar solidariedade às famílias enlutadas devido à falta de segurança em nosso estado. O pastor Tales Ferreira, um dos organizadores do evento, afirma que a realização da manifestação parte do princípio de que “a igreja não existe apenas NA cidade. Queremos andar COM a cidade a fim de servirmos às pessoas nas lutas e dores que são comuns, inclusive, aos que fazem a Igreja".    
INICIATIVA – A principal motivação para a realização do PE de Paz foi o aumento absurdo dos índices de violência no primeiro trimestre de 2017, o que tem assustado os pernambucanos cotidianamente. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), foram assassinadas em Pernambuco 977 pessoas apenas nos primeiros dois meses desse ano, número 47,7% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 661 pessoas foram mortas. A violência em Pernambuco já vinha apresentando índices alarmantes desde dezembro de 2016, considerado o mês mais violento dos últimos 10 anos no Estado com a ocorrência de 472 assassinatos. O total de 4.479 homicídios ocorridos em 2016 revela à sociedade a pior crise do Pacto Pela Vida, programa do governo estadual que completa 10 anos de implantação em maio próximo, tornando Pernambuco um estado seis vezes mais violento que São Paulo.    
A discussão da temática, a partir da inquietude de um grupo de pastores e pastoras, levou à percepção da necessidade de um envolvimento com questões que se relacionam com a sociedade em geral. “O desafio era levar os cristãos e cristãs a um embate prático com os males sociais que enfrentamos. Para surpresa, 43 igrejas e organizações envolveram-se imediatamente”, afirma Ferreira.
SERVIÇO:
Evento: Ato público PE de PAZ.
Data e horário: 25/03/2017 (sábado), das 6h às 11h.
Local: Praia do Pina, Recife, PE.


quinta-feira, 23 de março de 2017

Confira o trailer do filme "A Cabana"


Movimento PE de Paz promove ato público contra a violência


Com cruzes afixadas na praia do Pina, igrejas e organizações cristãs promovem ação de repúdio aos alarmantes índices de homicídio no estado apenas em 2017

No próximo sábado, 25.03, as areias da praia do Pina amanhecem repletas de cruzes, representando cada uma das vítimas dos mais de 1000 homicídios registrados somente esse ano em Pernambuco. A ação faz parte do ato público PE de Paz, realizado por lideranças e membros de 36 igrejas e organizações sociais cristãs, como forma de manifestar repúdio ao aumento exponencial dos índices de violência no estado em 2017. A iniciativa cobra ação efetiva do governo em relação à segurança pública e presta solidariedade às famílias enlutadas através da fixação simbólica das cruzes nas areias da praia.

Durante o protesto, integrantes do movimento realizam ações para o despertar de consciência da população sobre o absurdo estado de insegurança a que se está sujeito hoje em Pernambuco e momentos de oração pela cidade, estado e país. Além do ato simbólico realizado na praia do Pina, para a semana seguinte, está prevista a entrega de um manifesto acerca da segurança pública, escrito por integrantes do movimento, a alguns órgãos estatais, como o Palácio do Governo e o Ministério Público de Pernambuco.

Ao tornar pública a insatisfação com a insegurança no estado, o ato cidadão objetiva sensibilizar a população para a temática, a fim de contribuir para a construção conjunta de uma cidade melhor e mais segura; denunciar a falta de efetividade dos órgãos governamentais competentes para a promoção dessa cidade; e prestar solidariedade às famílias enlutadas devido à falta de segurança em nosso estado. O pastor Tales Ferreira, um dos organizadores do evento, afirma que a realização da manifestação parte do princípio de que “a igreja não existe apenas NA cidade. Queremos andar COM a cidade a fim de servirmos às pessoas nas lutas e dores que são comuns, inclusive, aos que fazem a Igreja”.

INICIATIVA – A principal motivação para a realização do PE de Paz foi o aumento absurdo dos índices de violência no primeiro trimestre de 2017, o que tem assustado os pernambucanos cotidianamente. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), foram assassinadas em Pernambuco 977 pessoas apenas nos primeiros dois meses desse ano, número 47,7% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 661 pessoas foram mortas. A violência em Pernambuco já vinha apresentando índices alarmantes desde dezembro de 2016, considerado o mês mais violento dos últimos 10 anos no Estado com a ocorrência de 472 assassinatos. O total de 4.479 homicídios ocorridos em 2016 revela à sociedade a pior crise do Pacto Pela Vida, programa do governo estadual que completa 10 anos de implantação em maio próximo, tornando Pernambuco um estado seis vezes mais violento que São Paulo.

A discussão da temática, a partir da inquietude de um grupo de pastores e pastoras, levou à percepção da necessidade de um envolvimento com questões que se relacionam com a sociedade em geral. “O desafio era levar os cristãos e cristãs a um embate prático com os males sociais que enfrentamos. Para surpresa, 36 igrejas e organizações envolveram-se imediatamente”, afirma Ferreira.

SERVIÇO:

Evento: Ato público PE de PAZ.
Data e horário: 25/03/2017 (sábado), das 6h às 13h.
Local: Praia do Pina (polo Pina).

IGREJAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS PARTICIPANTES:

Agência Socorro Missionário
CADI
Catedral da Reconciliação
Centro de Transformação Integral Novo Rebanho
Cidade Redime
Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito
Igreja Anglicana em Gaibu
Igreja Apostólica Batista Viva
Igreja Batista Central de Casa Amarela
Igreja Batista de Coqueiral
Igreja Batista do Conjunto Beira Mar
Igreja Batista em Camela
Igreja Batista em Fundão
Igreja Batista Emanuel do Ibura
Igreja Batista Imperial
Igreja Batista Oásis
Igreja Evangélica Batista da Caxangá
Igreja Evangélica Viver em Cristo
Igreja Metodista
Igreja Metodista Guararapes
Igreja Mosaico
Igreja Presbiteriana do Jordão Alto
Instituto Manancial da Vida
Instituto Solidare
Missão Urbana Recife – MUR
Mulheres de Visão
Paróquia Água Viva
Paróquia das Missões Episcopal Carismática
Paróquia Monte Sinai
Primeira Igreja Batista de Abreu e Lima
Primeira Igreja Batista do Recife
Projeto Conexão
Rede Fazer o Bem
Sinal do Reino
Visão Mundial
Voz na Rua

segunda-feira, 20 de março de 2017

A Cabana” (The Shack) já tem data de lançamento no Brasil: 6 de abril.


O filme é baseado no best-seller homônimo do escritor canadense William P. Young. Dirigido por Stuart Hazeldine, roteirista de “Exame”, o filme apresenta a história de Mack Phillips [Sam Worthington], um homem que viveu um drama pessoal com o desaparecimento de sua filha Missy, de seis anos.



Enquanto o ferido Mack Phillips ainda se vê sem motivos para viver, diante da fatalidade que abalou sua família, ele recebe uma misteriosa carta divina, que o convida a voltar para a cabana onde sua filha foi encontrada morta. Nesta missão, Phillips se encontra com Papa (Octavia Spencer), e é surpreendido por revelações e ensinamentos, que irão ajudá-lo a superar esse trauma.    

Além de Sam Worthington e a candidata ao Oscar Octavia Spencer, o elenco traz a brasileira Alice Braga, além de Radha Mitchell e Graham Greene.

Publicado em 2008 no país, ‘A Cabana’ vendeu cerca de três milhões e meio de cópias. No mundo todo, foram mais de  20 milhões de cópias.

Octavia Spencer no Brasil

Para o lançamento do filme, a atriz Octavia Spencer (Indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante por “Estrelas além do tempo”, e vencedora na mesma categoria por "Histórias cruzadas"), vem ao Brasil na última semana de março para o lançamento de “A cabana”. A atriz ficará no Rio, onde acontece uma pré-estreia do filme.

Ficha técnica
Direção: Stuart Hazeldine
Elenco: Sam Worthington, Oscar Octavia Spencer, Alice Braga, Radha Mitchell, Graham Greene
Classificação: 12 anos
Distribuição: Paris Filmes

Sou Uma Mulher de Coragem: Campanha leva mulheres às ruas na luta por direitos

Ao longo do mês de março, ganha as ruas a 5ª edição da campanha “Sou Uma Mulher de Coragem”, promovida pela Diaconia junto a igrejas, organizações parceiras, grupos ecumênicos e de mulheres. Como o tema “Vou às ruas defender direitos”, a campanha pretende sensibilizar, despertar e motivar mulheres de Igrejas a ocuparem espaços públicos de reivindicação e decisão, na garantia de direitos e na denúncia de violências. A campanha acontece nas áreas de atuação da instituição, em Recife, Fortaleza, Sertão do Pajeú (PE) e Oeste Potiguar (RN).



Este ano, a campanha se desenvolve em meio a mudanças nos contextos político e econômico no Brasil e no mundo, que têm trazido ameaças de perdas de direitos, principalmente aos segmentos mais desassistidos da sociedade, e dentre estes, as mulheres da cidade e do campo. A campanha realizará visitas a templos de diversas denominações e espaços públicos, nas áreas de abrangência da Diaconia, a partir das realidades das violações de direitos em cada região.

Embora muitos avanços tenham sido alcançados com a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), ainda assim, são contabilizados 4,8 assassinatos a cada 100 mil mulheres, número que coloca o Brasil no 5º lugar no ranking de países nesse tipo de crime. Segundo o Mapa da Violência 2015, 50,3% dos casos de assassinatos contra mulheres foram cometidos por familiares, em sua maioria parceiros ou ex-parceiros. Muitas delas ainda convivem com o agressor, pela dependência econômica, de moradia e/ou a ausência de estruturas de acolhimento às vítimas.

No meio evangélico, muitas mulheres vítimas ainda sofrem com a violência e a culpa de não serem fiéis a Deus o bastante, para que fiquem livres da agressão. Interpretações bíblicas muitas vezes também são usadas para reforçar desigualdades, como as humilhações e a exploração do trabalho doméstico.

Em cada espaço visitado, haverá breves debates sobre temas como violência doméstica e sexual, além das propostas de reforma da Previdência Social. As mulheres também estão saindo às ruas, com ações de panfletagem no trânsito próximo às igrejas.

“Com o lema e o versículo que usamos neste ano, reforçamos a mensagem de que sair às ruas para defender direitos também é anunciar as boas novas de amor, paz e justiça, fazendo com que estes sinais se evidenciem. Desta forma estamos utilizando a Bíblica como instrumento de esclarecimento e superação da violência, a partir dos exemplos de tantas mulheres de coragem que venceram barreiras”, afirma Joselito Costa, assessor político-pedagógico da Diaconia.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Rádio Novas de Paz consolida liderança no segmento evangélico

Pesquisa do IBOPE EasyMedia dos meses de novembro, dezembro e janeiro confirma a consolidação da Rádio Novas de Paz (RNP) na liderança de audiência no segmento evangélico em Pernambuco. Por muitos anos esse posto era da Rádio Maranata, que agora ficou em segundo lugar, sendo seguida pela Rádio Evangélica FM. No ranking das mais ouvidas no segmento estão na sequência a Rede Brasil, seguida pela Feliz FM, Rede Aleluia e Nossa Rádio.


A maioria dos profissionais que trabalham na Novas de Paz são membros da própria igreja, que foram formadas ao longo dos anos de funcionamento do ministério da rádio. Destaque para o horário do jornalismo matinal com o jornalista Angelo Manassés – que tem uma vasta experiência na produção e apresentação de programas de notícias no rádio – e o radialista Ibineias Junior – que atuava em rádios comunitárias em São Lourenço da Mata. Robson Santos, Nadeje Mello, Clarissa Tercio, Jackeline Santos, Evangelista Fagner e Beto Guedes são outros membros que compõem a equipe ou, como define o pastor Júnior Moura (diretor da rádio), a família Novas de Paz.

A média de audiência da Novas de Paz é de 32.683 ouvintes por minuto. Esses números a colocam em quarto lugar geral, ficando atrás apenas das rádios Recife, Clube e Jornal. Destaque para o horário da informação (das 6h às 8h), quando a Novas de Paz alcança média de 34.502 e pico de 40.949 ouvintes por minuto, ocupando o segundo lugar geral. Esse ranking calcula as emissoras com jornalismo no horário.

O planeta precisa de oração

Versão resumida do Operation World chega ao Brasil e apresenta um retrato da situação da Igreja e dos perdidos nos cinco continentes Ore Pelas Nações - Um Guia Completo de Missões e Intercessão Pelo Mundo, versão resumida do Operation World, uma das mais completas fontes de informação e recurso essencial de movimentos missionários, acaba de chegar ao Brasil pela Editora Mundo Cristão.

 A obra, escrita por Jason Mandryk, mestre em estudos cristãos globais pelo Providence Theological Seminary, no Canadá, traz informações detalhadas sobre a situação de cada país do globo e um conjunto de dados relevantes e estatísticas que podem ser utilizados como um referencial para a oração, o estudo e o engajamento evangelístico.

A obra é uma poderosa ferramenta para despertar a Igreja a clamar a Deus a favor dos povos da Terra. Dentre outras informações, o livro inclui dados sobre o mundo e suas religiões; desafios oportunos para a oração; estatísticas acerca de populações e grupos de pessoas; gráficos e mapas das tendências demográficas no que diz respeito à realidade de diversas partes do globo; informações sobre a igreja e os perdidos; atualizações sobre o crescimento da igreja com foco em evangélicos; explicações sobre as principais correntes da economia, da política e da sociedade; calendário de oração diária; além de dados, informações históricas e fatos globais.

 O livro que você tem em mãos pesa menos de um quilo, mas, se todos os desejos, pedidos e objetivos expressos nele fossem postos em prática, transformariam radicalmente as nações do mundo inteiro! Deus está chamando você e eu para um ministério de oração pelas nações. As páginas a seguir apresentam alguns dos desafios de nosso mundo necessitado e doente por causa do pecado. Ideal para a leitura individual ou como recurso para o estudo em grupo, Ore pelas nações é também uma fonte fidedigna de informação para boletins e periódicos, além de ser uma rica referência para estudos com foco em religião e sociedade. Curioso e inspirador, é altamente recomendado para todo cristão que ama missões e que deseja engajar-se em oração fervorosa visando à expansão do Reino de Deus nos cinco continentes. A novidade, agora lançada em português pela Mundo Cristão, já está disponível nas livrarias de todo o Brasil.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Pluralismo religioso em debate

A Igreja Presbiteriana em Jardim São Paulo realiza nos dias 23, 24 e 25 a 4ª Conferência Missionária, com o tema Pluralismo Religioso – O Grande Desafio Missionário da Igreja. Nesta sexta-feira (23), o culto de abertura contará com a preleção de um missionário correspondente da Portas Abertas no sudeste asiático. No sábado e domingo as ministrações ficam por conta dos reverendos Luiz Bueno e Flávio Ulisses (missionário do Pioneiros).

A Igreja Presbiteriana em Jardim São Paulo fica localizada na Rua Leobina Pereira, 35, próximo à praça principal de Jardim São Paulo (por trás do mini shopping Jardim).